Já está disponível a 3ª edição do VADE MECUM

INSCREVA-SE

NOTÍCIA

  10 de February de 2017

Emendas do senador Elmano Férrer beneficiam diretamente mais de 40 municípios piauienses

Saúde, infraestrutura e mobilidade são algumas áreas que o parlamentar destinou emendas nesse período.

Completando dois anos de atuação parlamentar, o senador Elmano Férrer (PMDB) vem fazendo gestões para garantir a destinação de recursos para os municípios piauienses. Saúde, infraestrutura e mobilidade são algumas áreas que o parlamentar destinou emendas nesse período.

O trabalho foi iniciado em 2015, quando destinou R$ 4,5 milhões para o Hospital de Urgência de Teresina-HUT. A verba está sendo utilizada para a aquisição de equipamentos e ampliação em mais 20 leitos de UTI. “O Hospital de Urgência de Teresina recebe demanda do Estado inteiro, inclusive de outras regiões do país. Com o aumento no número de leitos, é possível melhorar o atendimento na capital em benefício dos que necessitam do Hospital”, informou Férrer.

No orçamento de 2016 assegurou e empenhou R$ 13,6 milhões de emenda individual, além de fazer destaque individual em emenda de bancada para a continuidade da Reforma do Mercado São José (mercado central), em Teresina, assegurando R$2,3 milhões para a 2ª etapa da obra, reforma das galerias e das lojas. As emendas de 2016 beneficiaram diretamente 41 municípios piauienses, além do Exército Brasileiro – 2º BEC Teresina, Funasa-PI, Marinha - Capitania dos Portos do Piauí, Secretaria de Cultura do Estado e Universidade Estadual do Piauí- UESPI.

Para 2017 há previsão na LOA de R$15,32 milhões em emendas individuais, sendo 50% destas para Saúde. Há ainda mais R$10 milhões em Emenda de Bancada, com destaque individual do senador Elmano para a área de Saúde/Custeio – Fundo Nacional de Saúde.

Preocupado com a questão da seca, que há décadas atinge o Nordeste, Elmano tem articulado para que o projeto da Adutora do Sertão saia do papel. “Durante 2016 tivemos várias reuniões para tratar sobre esse assunto.  A equipe técnica do meu escritório, CPRM, Ministérios, órgãos federais e o 2º BEC discutiram a viabilidade do projeto que irá atender 51 municípios do semiárido.  É inadmissível chegarmos a 2017 e as pessoas dependendo de carro pipa e em muitos casos, até pagando para ter acesso a um bem tão essencial como a água”, lamentou o parlamentar. Além disso, ele aponta que a Adutora contribuirá para que as famílias possam desenvolver as atividades nos seus municípios, inclusive estimulando a economia, como por exemplo, por meio da agricultura. Emenda de sua autoria garantiu a inclusão da Adutora no PPA 2016/2019 da União e, recentemente assegurou recursos da ordem de R$30,38 milhões na LOA 2017 para início dos projetos e obra.

Outra prioridade do senador são os projetos de duplicação da BR 343 e BR 316. Em 2010 quando era Prefeito de Teresina já iniciou gestões junto ao DNIT para conclusão dos estudos e projetos das obras de arte especiais no contorno rodoviário de Teresina. Na época a intenção era buscar recursos para execução das obras em nossa capital. Em 2015, já senador, buscou assegurar no DNIT em Brasília recursos para contratação do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental – EVTEA dos trechos da BR 343 até Piripiri e BR 316 até Elesbão Veloso. “Precisamos mudar essa realidade. Não podemos ter essa mesma entrada há décadas. O fluxo aumentou. Isso atrapalha inclusive a economia local, pois dificulta o tráfego de produtos para comercialização. Outra conquista foi o compromisso do Governo Federal em viabilizar recursos para contratação da continuidade do trecho da BR 316 partindo do final do contrato em execução com recursos do Estado até a cidade de Demerval Lobão, numa extensão de 18,3 km. Para isso já estão assegurados na LOA 2017 R$10 milhões para o início da obra”, informou Elmano Férrer.

Ainda em 2016 o senador assegurou liberação de crédito extraordinário por meio da Fundação Nacional de Saúde – FUNASA para Implantação de Sistemas de Abastecimento de Água na zona rural de diversos municípios do Piauí no valor de R$6,77 milhões. Serão beneficiados os municípios de Paquetá, Baixa Grande do Ribeiro, Simplício Mendes e São Luís do Piauí.